Ursinho Pooh Transtorno de Déficit  Atenção e Hiperatividade (TDAH)

Pesquisadores canadense fizeram um estudo sobre os personagens  do  desenho, e descobriram cada personagem sofria um transtorno emocionais; segundo ele ursinho Pooh tem simultaneamente transtorno alimentar e TDAH.

Dessa forma escolhi para falar hoje sobre TDAH e o Ursinho Pooh

Antes de mais nada; você sabe o que é transtorno de deficit de atenção e hiperatividade?

O numero de crianças diagnosticadas com TDAH é crescente em todo o país,  porém o diagnostico  é difícil e complexo é preciso uma cuidadosa avaliação; levando em consideração todo o contexto em que a criança está inserida; pais, professores, amigos, e utilizar variados instrumentos, questionários, entrevistas, observação e testes.

Alguns dos sintomas podem ser confundidos com comportamento apropriado para idade;assim pode ser   relacionado como a forma que a criança vem sendo educada ou até mesmo relacionados a outros transtornos. Contudo a  hiperatividade, tem uma ampla margem na qual o nivél de atenção e da atividade de impulsividade pode ser determinado pelo temperamento pela solicitação feita a criança pelo ambiente em que vive.

O TDAH e sua interação social

O TDAH é provocado por problemas que resultam mais da falta de consciência do que na inabilidade. A hiperatividade leva a um desempenho incompatível essa maneira de agir provoca constante frustrações. A dificuldade de prestar atenção de controlar o corpo e as emoções e de pensar antes de agir.

Elas frustram por que “precisam”  responder as expectativas sociais, uma criança que vive em um ambiente livre; onde não existem tantas regras sociais podem não desenvolver problemas significativos; decorrentes das caraterísticas de seu temperamento.As crianças podem  apresentar problemas diferentes por conviver em ambiente social diferente, certamente focar no comportamento e não na compreensão da pouca habilidade pode causar mais problemas em vez de melhorar.

O TDAH resulta de quatro tipos de deficiência: Atenção, impulsividade, excitação e frustração ou motivação que podem causar problemas em casa, na escola e com amigos. Estudo americano foi uma revisão; da literatura e confirmou que as crianças com TDAH; apresentam dificuldades para limitar e monitorar o uso das tecnologias. Principalmente para  diminuir o comportamento hiperativo os pais; insere o uso da tecnologia na vidas das crianças sem controle ou supervisão.

Contudo os problemas ocorrem com base na pouca habilidade da criança;  nas exigências impostas pelo ambiente, uma vez que que a maioria das crianças hiperativas é desatentas, impulsivas excessivamente ativa e bastante emotiva, tendo então dificuldade em relação á motivação e á espera por recompensas.

Como a criança esquece com facilidade veja o exemplo do vídeo, Pooh sabia que tinha algo a fazer mas não lembrava o quê. Levando para o universo infantil poderia ter sido uma tarefa dita pelos pais, professor ou psicologo. Ele sabia que tinha algo a fazer, como não se lembrou o que facilmente se distraiu em uma brincadeira, depois com a fome em fim esquece, não foi intencional, ou por que ele não dava importância esse comportamento pode ser confundido com mau comportamento ou desobediência quando na verdade não é.

Se o seu filho possui sintomas parecidos com TDAH procure um profissional, faça avaliação psicológica e entenda como é o transtorno fale com mães que tem experiencia a troca é muito rica e pode te ajudar a não cometer erros.

Dicas de como Lidar com crianças que tem TDAH

1. Imposição de limites

Há uma tendência de que elas sejam intolerantes a regras. Portanto, cabe aos pais impor limites  e , demonstrar a importância do respeito às regras. Principalmente ao uso excessivo de telas interativas que já vimos que agrava TDAH.

2. Incentivo à organização

É  essencial que haja um estímulo à organização de todas as tarefas, faça quadros de tarefas é  possível obter grandes ganhos a partir da utilização de cronogramas e agendas.

3. Evite comparações

É comum que muitos pais utilizem comparações a fim de despertar mudanças de comportamento nos filhos. Porém isso só causa frustração e afeta negativamente a autoestima e vinculo afetivo.

4. Estimule a prática de atividades físicas

A prática de exercícios físicos é muito benéfica para crianças hiperativas. O gasto energético de atividades intensas contribuir para amenizar sintomas como a inquietude. Coloque o para praticar esporte geralmente eles tem alto desempenho em atividades físicas, leve os a lugares abertos onde possam se expressar, correr brincar, falar alto, cantar. Geralmente SESC  e centros esportivos gratuitos propõe atividades gratuitas.

 

Home – Psicologa Edileuza

 

WhatsApp Chat
Enviar via WhatsApp