O que é comunicação violenta?

Antecipadamente; Ser “violento” significa agir de forma que resulte em ferir ou causar dano, então muito de como nos comunicamos -como: julgar os outros, intimidar, dar concelhos críticos; baseado puramente em seu medo de que suas expectativas sejam frustradas, ter preconceito racial, culpar, apontar o dedo, discriminar, falar sem ouvir, criticar os outros ou a nós mesmos, xingar , reagir quando zangado, usar retórica política, ser defensivo ou julgar quem é “bom / mau” ou o que é “certo / errado” com as pessoas – pode de fato ser chamado de “comunicação violenta. 

O que é comunicação não violenta?

A comunicação não violenta é a integração de 4 coisas:

Consciência

Um conjunto de princípios que apoiam uma vida de compaixão, colaboração, coragem e autenticidade.

Acima de tudo compreender que os outros não são responsáveis pelo que você sente, e também identificar no momento em que esta sentindo algo dentro de um dialogo quais são as suas verdadeiras necessidade e se essas estão sendo exposta de maneira assertiva.

Bem como entender se as necessidades do outros está sendo atendida; perceber quais as necessidades, dores, medos  escondidas por trás das palavras violentas.

Língua

Em outras palavras; Compreender como as palavras contribuem para a conexão ou distância.Se você inicia um dialogo com julgamentos, culpando os outros ou a você mesmo, criticas, preconceitos etc.

Do mesmo modo á  probabilidade de que a pessoa ou esteja na defensiva ou no ataque sera grande diminuindo então as chances de um dialogo sincero e empático.

Comunicação

Saber pedir o que quer, saber ouvir os outros mesmo em desacordo e como avançar para soluções que funcionem para todos.

Nesse sentido; insinuar não é dizer o que sente, culpar os outros pelos sentimentos não é reconhecer o que sente, julgar os outros por seus próprios valores não é ter respeito as diferenças.

Em outras palavras; para uma comunicação assertiva é importante esvaziar-se de si mesmo, de seus julgamentos, medos de rejeição e criticas.

Bem como; falar abertamente sem buscar um culpado possibilita a compreensão e empática do ouvinte e sugere-se   de forma imperceptível que ele faça o mesmo.

Meios de influência

Compartilhar “poder com os outros” em vez de usar “poder sobre os outros”. Quando você utiliza seu conhecimento ao outro você conquista sua admiração e respeito. Levando a um hábito de estar aberto a ouvir sempre que tiver algo a dizer.

usar o conhecimento contra o outro o sevara á repulsão e desejo de manter-se distante cada vez sera maior.

O CNV atende ao nosso desejo de fazer três coisas:

  1. Aumentar nossa capacidade de viver com escolha, significado e conexão
  2. Conecte-se empaticamente consigo mesmo e com os outros para ter relacionamentos mais satisfatórios
  3. Compartilhamento de recursos para que todos possam se beneficiar

Veja também 

Assertividade 

www.nonviolentcommunication.com 

WhatsApp Chat
Enviar via WhatsApp